O Catálogo Bentes de Moedas do Brasil



Estimado colecionador,

nesse artigo iremos mostrar aos que ainda não conhecem, os pormenores do Catálogo Bentes de Moedas e, também, o de Papel-Moeda do Brasil. Iniciando com o Catálogo Bentes de Moedas Brasileiras.

Atualmente estamos na sua 6ª edição, em cores, ampliada, revista e atualizada. Além de uma grande quantidade de ilustrações, inseridas para o bom entendimento do assunto, num contexto de um rígido programa de revisão e atualização, a obra é primorosa nos detalhes, com textos e pormenores que facilitam o seu manuseio. Foi idealizado com o objetivo de passar ao colecionador (iniciante ou avançado) uma idéia clara e abrangente das cotações das moedas brasileiras, no contexto de um mercado internacional e globalizado.
Contém todas as moedas destinadas à circular no país, mais as comemorativas que não entraram em circulação. Partindo do descobrimento, passando pelas obsidionais holandesas (as primeiras moedas com o nome BRASIL), chegamos aos nossos dias, compreendendo assim, os períodos da Colônia, Reino Unido, Império e República.

Por razões didáticas, resolvemos adotar a ordem decrescente dos valores cunhados, obedecendo a cronologia dos soberanos, ao invés da simples subdivisão por metais. Visto ser a numismática brasileira bastante complexa sob vários aspectos, entendemos que esta seria a forma correta e abrangente de catalogação das moedas. 
Todas as informações necessárias à catalogação e comercialização das moedas do Brasil colonial, imperial e republicano — tais como o peso, diâmetro, quantidade de moedas cunhadas, grau de raridade, estados de conservação e os valores atualizados, referentes aos diversos tipos — são tratados com a seriedade e o rigor que o assunto merece.

Privilegiando a abordagem didática, tudo foi realizado a fim de evitar que o Livro Bentes de Moedas Brasileiras se configurasse, unicamente, numa fonte de consulta (lista) de preços. Lidando principalmente com a arte de colecionar moedas, entendemos que seja nosso compromisso, acima de tudo, instruir quem inicia, e auxiliar na consulta de quem já é conhecedor da matéria. Dessa forma, foi elaborado com o propósito de passar ao leitor o necessário entendimento do assunto, fornecendo também um parâmetro de valores para orientá-lo na hora de adquirir novos exemplares para o seu acervo.


CONTEÚDO

1. TEXTOS — Não se trata apenas de uma lista com "imagem e preço". Muito mais do que isso, conta com muitos textos elucidativos, divididos em capítulos. Dividem-se em:

1a) Apresentação - O Catálogo é formalmente apresentado ao numismata (leitor). De foram simples e clara, o leitor toma conhecimento de que adquiriu uma obra didática, que irá lhe proporcionar não somente momentos de deleite, durante sua leitura, mas que, também, irá enriquecer o seu conhecimento, aumentando sua bagagem cultural a respeito do assunto.

Logo no início do catálogo, o leitor tem contato com as imagens de anverso e reverso de uma moeda colonial, com a nomencçatura de todas as partes que a compõem. Clique na imagem para ampliar.

1b) Introdução à Numismática - Nessa capítulo falamos sobre a ciência e o hobby, como tiveram início e o seu desenvolvimento no Brasil, os soberanos que cunharam moedas, particularidades como o Estado do Maranhão, os períodos da história do Brasil, de interesse da ciência numismática, abrangendo a Pré-colônia, Colônia, Reino Unido, Império e República, os metais das cunhagens, as diferenças entre moeda fraca, forte, colonial, nacional, provincial e regional.

Página 18 do capítulo dedicado à parte introdutória do catálogo. Clique na imagem para ampliar
1c) As Moedas dos Primeiros Brasileiros - Capítulo de extrema relevância, que marca o início das emissões autorizadas a circular no território recém-descoberto. Destaque para o importante documento de D. Sebastião I, a Provisão de 3.3.1568.
Clique na imagem para ampliar
Parte do capítulo dedicado à introdução do catálogo, e que, entre outras coisas, trata da extrema relevância da Provisão de 3.3.1568, de D. Sebastião I, o que é feito somente no Catálogo Bentes de Moedas do Brasil. Clique na imagem para ampliar.

1c) Nomenclatura - O conhecimento básico, necessário ao entendimento do assunto, é tratado aqui com esmero e lógica em suas didática. Iniciamos pelas partes que compõem uma moeda, das contramarcas de Minas, dando prosseguimento com a demonstração através de detalhes, como diferenciar as moedas cunhadas nas diversas Casas, quando a letra monetária não existe ou é imperceptível. Tipos de serrilhas, Cruz, Florões, Pontos, Crucíferos, Bordos, como identificar os reversos, o que é um reverso moeda, medalha, o que é reverso invertido, etc.
Clique na imagem, para ampliar
Clique na imagem, para ampliar
Clique na imagem, para ampliar
1d) Pesos e medidas - O sistema manuelino, a explicação de como eram calculados o peso e diâmetro das moedas, a fim de determinar, com alguma exatidão, a relação entre valor intrínseco e extrínseco. Uma tabela que relaciona o sistema manuelino ao decimal, foi coidadosamenet elaborada para qeu o leitor tenha acesso à informação sobre as dimensões das moedas nos diversos metais em que foram cunhadas.
Clique na imagem, para ampliar
1e) Manuseio - Capítulo dedicado a ensinar ao leitor a melhor forma de consultar o Catálogo, mostrando todos os detalhes relevantes que são tratados, um a um, em todos os exemplares.

Clique na imagem, para ampliar


CATÁLOGO PROPRIAMENTE DITO 

Aqui tem início o elenco de todas as moedas batidas e/ou cunhadas, no Brasil e/ou para o Brasil, desde o período pré-colonial. ùnico catálogo a incluir as primeiras moedas autorizadas a circular no território recém-descoberto, através da Provisão de 3.3.1568, de D. Sebastião I.

Clique na imagem, para ampliar
Detalhes e mais detalhes. Ampliações para o entendimento de promenores que distinguem as variantes. Textos explicativos, muitas imagens, todas em cores, acompanhadas de explicações paar que o colecionador saiba tudo o que é necessário para o bom entendimento do assunto.

Clique na imagem, para ampliar
Único catálogo que contém todas as barras de ouro conhecidas.

Clique na imagem, para ampliar
 Explicações que você não irá encontrar em outro catálogo.

Clique na imagem, para ampliar

Estes são apenas alguns detalhes que diferencia o Catálogo Bentes de Moedas do Brasil, dos outros editados no país. O nosso catálogo tem tantas informações que foram necessárias 800 páginas para conter tudo. E não só isso! É o único totalmente em cores e impresso em offset de última geração.